Login Accedi ^
Italiano
Registrati
Registrati su Weekeep! Trova i tuoi amici di Facebook, organizza i tuoi viaggi e visita oltre 1.000.000 eventi in tutto il mondo!
Accedi con Facebook
Accedi con Google+
Facebook Google+
X
RISULTATI
MAPPA
DETTAGLIO
$mapTile_Titolo
$mapTile_Immagine
$mapTile_Indirizzo
$mapTile_LastMinute
$mapTile_Durata
Località
Dormire
Mangiare
Offerte Speciali
Eventi
Mostra tutte le 7 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 11 LOCALITAMostra meno località
Mostra tutte le 23 sistemazioniMostra meno sistemazioni
PREZZO : da € a
OSPITI :
CAMERE :
STELLE : da a
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie

Cruz Cardinal no Grau 13 - Tempos de Transformações

Espiral Praça Ilha Faial, Lisbona, Portogallo
Google+

Em tempo de Páscoa o "céu" mostra-nos a exactidão da cruz

Em 23-04-2014 os planetas, Marte em Balança opondo-se a Úrano em Carneiro e Júpiter em Caranguejo opondo-se a Plutão em Capricórnio formam uma cruz exacta e o correspondente quadrado, com todos os planetas no grau 13 dos respectivos signos.

Esta configuração astrológica, com esta exatidão, é muito rara e plena de significados.

Grandes tensões e tomadas de consciência se apresentam à humanidade, e como esta cruz recai sobre os signos cardinais, os que dão início às estações, esta cruz gera um impulso inicial e uma possibilidade de grandes mudanças, mudanças planetárias, mudanças sociais e mudanças individuais, mudanças nas quais participamos mais ou menos conscientemente, mais ou menos activa ou passivamente.
Mudanças que dependem do que conseguirmos conscientizar, compreender e realizar!

uma cruz no "Céu" e uma cruz na "Terra"
uma cruz que prende e uma cruz que liberta
a submissão aos "deuses" astrológicos (no quadrado periférico) e a crucificação (o retorno ao centro)
as fases involutiva e evolutiva do ciclo da alma
morte e ressurreição
um novo ciclo

Escolher, escolher a atitude, escolher a reacção, escolher a acção, é o desafio que a cruz nos apresenta...
Grande parte da humanidade, que se encontra na fase involutiva (identificação com a forma, com a aparência, com o exterior) do seu ciclo, está sob a influência do quadrado, da periferia, sujeita às tensões das quadraturas, mal se apercebendo do que se está a passar e reagindo passivamente a essas influências...
Mas nós, que estamos na fase evolutiva (desapego da forma, retorno ao centro, identificação com a alma e o espírito) do nosso ciclo, e um pouco mais despertos, podemos co-agir, podemos ajudar, podemos receber o impacto destas poderosas energias, assimilá-las, transmutá-las e retribui-las, qualificando-as com amor, com alegria e com harmonia, para que as mudanças que se avizinham sejam mais suaves e coordenas, de modo a melhorar a vivência de todos neste planeta Terra.

Assim reunamos-nos nesta intenção, ao redor deste planeta, emitindo pensamentos claros e construtivos, sentimentos amorosos e pacíficos, e acções vibrantes, radiantes e coerentes. Rezando, orando, meditando, celebrando, ... conforme o mais adequado para cada um.

E reunamo-nos também nalguns locais realizando algo mais colectivamente coordenado.

Um desses locais, para o qual estais desde já convidada(o), é a Espiral (http://www.espiral.pt), na Praça Ilha do Faial, nº 14 em Lisboa, encontremos-nos pois aí às 21:30h do dia 23 de Abril de 2014

Iremos realizar um pequeno e simples ritual (o ritual serve para ligar a energia à forma), meditar e conversar.
O Luís Resina (astrólogo) elucidar-nos-à algo mais sobre esta cruz cardinal.

Aparece, participa, coopera! A humanidade e o planeta contam contigo!

Vários artigos foram colocados aqui, no face book, realçando a extraordinária importância desta rara configuração astrológica, eis alguns:
http://verabrazmendescreateyourlife.blogspot.pt/2014/04/cruz-cardinal-transcender-crucificacao.html?spref=fb
http://cova-do-urso.blogspot.pt/2014/03/grande-cruz-cardinal-de-abril-2014.html
http://www.marcelodalla.com/2014/03/dicas-astrais-para-o-inicio-de-abril-e.html
http://www.astrologia.jorgelancinha.com


Como ritual, podemos formar um círculo representando o Zodíaco, em que cada um ocupa o lugar relativo ao seu signo (solar), fazendo corresponder o que está em "baixo" com o que está em "cima". Começando por criar a cruz: Carneiro-Balança e Caranguejo-Capricórnio, ocupando depois os outros signos, seguindo a sua ordem.
Já posicionados, uma breve explicação da relação entre a periferia e o centro, de como para conseguirmos ir para o centro, temos que primeiro transmutar os opostos em complementares, harmonizando-os. O Unicórneo como signo central e o eixo "crístico", "vertical" de ligação ao centro coordenador galáctico.
Orientação para ligar os centros coordenadores do ser, entrar em meditação, reunificarmo-nos em comunhão de amor e sabedoria, para que a vontade una atravesse todos os sistemas reordenando toda a vivência...

Veniteci a trovare
dal 23 al 24 aprile 2014

Che Tempo fa

Recensioni

Caricamento...
Caricamento...
In questa zona i nostri Partner offrono: