Login Accedi ^
Italiano
Registrati
Registrati su Weekeep! Trova i tuoi amici di Facebook, organizza i tuoi viaggi e visita oltre 1.000.000 eventi in tutto il mondo!
Accedi con Facebook
Accedi con Google+
Facebook Google+
X
RISULTATI
MAPPA
DETTAGLIO
$mapTile_Titolo
$mapTile_Immagine
$mapTile_Indirizzo
$mapTile_LastMinute
$mapTile_Durata
Località
Dormire
Mangiare
Offerte Speciali
Eventi
Mostra tutte le 7 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 11 LOCALITAMostra meno località
Mostra tutte le 23 sistemazioniMostra meno sistemazioni
PREZZO : da € a
OSPITI :
CAMERE :
STELLE : da a
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie

SIMON THOMPSON - Chinese Take Away (A solidão seria melhor se não existissem os outros)

Lumiar Cité Rua Tomás del Negro, 8A, Lisbona, Portogallo
Google+

SIMON THOMPSON
Chinese Take Away
(A solidão seria melhor se não existissem os outros)
05.06 - 20.07.2014

[for English please scroll down]

05.06 ⏐ 19h00 Conversa com Simon Thompson

Simon Thompson afirma: Não se exige outro contentor para além do relato do “embarque” que contém a memória do tempo percorrido pelo artista americano Allan Sekula a explorar o porto de Lisboa. Esta memória, talvez por não ser minha, ficou gravada em mim para, digamos, ser esquecida. À luz disto, chegamos a algo como um compromisso pragmático, uma espécie de navio dentro da garrafa. Nenhuma ideia, nenhum desejo ou necessidade, nenhum impulso em direção à responsabilidade... esses atos afundam-se na circunstância. Então... como sobreviver ao naufrágio desta experiência?

A técnica de Simon Thompson para compor uma vitrina envolve uma caricatura do “muito pouco, mas não completamente nada” da sua própria ausência. A remoção indiscernível, a rotação de 180 graus e o regresso à posição original de uma superfície de vidro temperado do espaço Lumiar Cité são descritos pelo artista como “o outro lado da semelhança”, sendo o resultado de um diálogo de dois anos entre Simon Thompson (Bruxelas) e Jürgen Bock (Lisboa).

Simon Thompson é um artista plástico inglês que vive e trabalha em Bruxelas.

Este projeto tem produção do Programa Internacional de Residências da Maumaus, financiamento do Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura/Direção-Geral das Artes e o apoio da Câmara Municipal de Lisboa.

---

05.06 ⏐ 19h00 Conversation with Simon Thompson

Simon Thompson says: “There is no shipping container required other than the story of 'shipping' already containing the memory of the American artist Allan Sekula spending time exploring the dockyard in Lisbon. This memory, perhaps because it wasn't my own, stayed with me, let's say - to be forgotten. In light of this a pragmatic arrangement has been arrived at, a kind of ship in a bottle. No idea, no desire or necessity, no impulse toward accountability ...those acts sank into circumstance. So ...how to survive the wreck of this experience?”

Simon Thompson’s technique of window dressing involves a 'very little but not quite nothing' caricature of it's own absence. The indiscernible removal, 180 degree rotation and return back to the original holding position of a single large tempered glass window in Lumiar Cité has been described by Thompson as “the other side of sameness” and is the result of a two year dialogue between Thompson (Brussels) and Jürgen Bock (Lisbon).

Simon Thompson is a British artist who lives and works in Brussels.

Production: Maumaus Residency Programme
Funded by : Governo de Portugal/Secretário de Estado da Cultura/Direção-Geral das Artes
Support: Câmara Municipal de Lisboa

Veniteci a trovare
dal 5 giugno al 20 luglio 2014

Che Tempo fa

Recensioni

Caricamento...
Caricamento...
In questa zona i nostri Partner offrono: