Login Accedi ^
Italiano
Registrati
Registrati su Weekeep! Trova i tuoi amici di Facebook, organizza i tuoi viaggi e visita oltre 1.000.000 eventi in tutto il mondo!
Accedi con Facebook
Accedi con Google+
Facebook Google+
X
RISULTATI
MAPPA
DETTAGLIO
$mapTile_Titolo
$mapTile_Immagine
$mapTile_Indirizzo
$mapTile_LastMinute
$mapTile_Durata
Località
Dormire
Mangiare
Offerte Speciali
Eventi
Mostra tutte le 7 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 11 LOCALITAMostra meno località
Mostra tutte le 23 sistemazioniMostra meno sistemazioni
PREZZO : da € a
OSPITI :
CAMERE :
STELLE : da a
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie
Mostra tutte le 13 categorieMostra meno categorie

NÃO VAI TER COPA!! - ATO NACIONAL - RIO DE JANEIRO

Candelária Praça Pio X - Centro Rio de Janeiro , Rio - Rio de Janeiro, Brasile
Google+

A propaganda para a Copa do Mundo 2014.

Assista abaixo e manifeste sua opinião:

http://www.youtube.com/watch?v=Tb7cAwd-cSI

Sexta, 4 de abril de 2014
[Horário]19:00
https://www.facebook.com/events/463273670451412/

Sexta, 2 de maio de 2014
https://www.facebook.com/events/448605905265909/?context=create

Em 2014, o mundo viverá o “sonho brasileiro”. É o país da Copa, “tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza. Mas que beleza!” Que beleza? A Copa FIFA 2014 apresenta as “atrações” implícitas também, mas essas o governo brasileiro optou por esconder do mundo. Fazendo um tour você conhecerá um pouco mais sobre o Brasil.

Ao chegar ao país, você, turista, pode ser surpreendido por assaltos com armas de fogo. Os registros do SIM (Subsistema de Informação sobre Mortalidade – do Ministério da Saúde) permitem verificar que, entre 1980 e 2010, cerca de 800 mil cidadãos morreram por disparos de algum tipo de arma de fogo. O Brasil é um país violento. Só em São Paulo, que possui 48 milhões de habitantes, a polícia militar (excluindo as polícias civis) matou mais pessoas do que o Estados Unidos inteiro (que possui 300 milhões de habitantes). Indo pro âmbito geral da população, classifica-se como o 7º país com maior índice de assassinatos do MUNDO.

Sabe-se, também, outra “atração” que, infelizmente, estará em alta. Ela se chama prostituição infantil. O Brasil é rota de turismo sexual e, segundo a UNICEF em dados de 2010, cerca de 250 mil crianças estavam se prostituindo. Se não bastasse tudo isso, ainda há a fome presente no cotidiano de muitos brasileiros. A falta de alimento faz com que, aproximadamente, 32 milhões de pessoas passem fome, somados aos 65 milhões de pessoas que não ingerem a quantidade mínima diária de calorias. Mesmo com o Bolsa Família, o famoso programa social que garantiu vitória para muito político, mas que não deu garantia de acabar com a fome. Como você pretende se locomover nas cidades que sediarão os jogos? Os meios de transporte públicos, que são pagos, não suportam a atual quantidade de pessoas que fazem uso deles.

Por último, porém não menos importante, vem a precariedade na saúde pública. Observando o tamanho das filas e a quantidade de mortes por falta de atendimento em hospitais, percebe-se que a necessidade de cuidar do povo como principal tesouro do país não tem sido considerada. Na verdade, talvez a situação estivesse melhor em 1500, pois era mais fácil encontrar um pajé ou curandeiro na rua, do que médico em hospital atualmente. O Ministério da Saúde resolveu fazer um levantamento e pontuar de 0 a 10 a saúde no Brasil. A nota nacional foi 5,4. Sendo que 27% do país vive com saúde classificada abaixo de 5 e a pior nota entre os principais municípios brasileiros foi para o Rio de Janeiro: 4,3.

São essas algumas das “atrações” que o mundo vai conhecer em 2014. Mas a mídia não vai mostrar isso para você. Então, abra seus olhos, busque informações reais, não acredite no que é reportado pelos jornais de emissoras que compactuam com tudo isso. Os brasileiros não estão indignados e protestando sem motivos contra a realização da Copa. Seguem mais alguns dados que você precisa saber:

O Brasil é o país que mais paga imposto no MUNDO. Entre os impostos de retenção na fonte e as tributações embutidas em todos os produtos que são consumidos, o valor é de 54% de tudo que um brasileiro ganha. Imagina se o que sobra do salário do brasileiro fosse o dobro? Essas seriam suas vidas sem impostos.

Aqui são investidos 3% do PIB (Produto Interno Bruto) em saúde. Isso dá R$ 340,00 por brasileiro por ano. A Argentina, exemplo que aprecio por conta da proximidade geográfica e de ser um país que vive imerso em luta popular, gasta 12% do PIB, o que significa R$ 2.500 por argentino por ano. Só quem já teve um ente querido no SUS sabe o horror que é nossa saúde pública.

O país que investe 4% do PIB em educação. Em um ranking realizado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), de 65 países estudados, o Brasil ocupa a 55ª posição do ranking. A educação é uma das piores do MUNDO. O governo jogou "pérolas aos porcos" ao prometer o lucro do pré-sal para educação, enquanto a Petrobrás mingua deficitária (ou seja, sem lucro) e o governo leiloa os direitos para o exterior. Quantas vezes todos nesse país ouviram "o pré sal é nosso" nos últimos anos? É, nosso, dos EUA, da China, da Alemanha...

Investe-se 0,3% do PIB com cultura. Com um país que não investe em cultura, como se surpreender com o quanto a mídia idiótica cria uma nação alienada ano após ano? Está tudo bem, contanto que tenha Futebol, Big Brother e A Fazenda.

E no meio disso tudo, o país está gastando mais em estádios na Copa do que a África do Sul e a Alemanha juntas. Planejou-se, em 2007, o orçamento pra Copa.O que já foi gasto supera o orçamento em 285%. Você prepara uma obra na sua casa, pretende gastar 10 mil reais e gasta 28.500, praticamente três vezes mais. Obras superfaturas, atrasos que geram gastos adicionais para aceleração dos projetos na reta final, ineficiência, incompetência, CORRUPÇÃO.

Enquanto isso, Junho passou. Cadê a reforma política prometida pela presidenta Dilma? Via plebiscito ou não, desapareceu. Não houve nenhuma mudança real no parâmetro político ou social desde o começo dos levantes. Durante os jogos da Copa das Confederações em Junho, todas as cidades lutaram pelo fim dos jogos. O Brasil precisa mudar, e não é no futebol. O clamor popular de Janeiro em diante terá apenas uma voz: NÃO VAI TER COPA. Se você também não concorda com as atitudes desse governo, junte-se a nós. Mostre que não aceita mais este atentado à vida humana que é causada pela corrupção e falta de interesse dos governantes deste país.

O intuito dos protestos contra a Copa 2014 é lutar pelos interesses do povo e de qualquer pessoa que deseje um país mais justo e menos desigual. Instruir o povo, cada vez mais, a uma democracia de verdade, participativa, cujo mesmo também governa, e não onde é governado por supostos representantes.

Os protestos contra a Copa 2014 no Brasil apresenta cunho suprapartidário, ou seja, estão acima dos interesses políticos de partidos específicos. Se houver alguma bandeira, que seja a das reivindicações populares. Isto permite a união contra qualquer partido que pretenda usar os protestos para promover as intenções de determinadas legendas ou políticos específicos. Porém, isso não significa que deve-se rejeitar partidos no entanto esta não é uma organização pré determinada que deve ser seguida, todo poder emana do povo e não de partidos, sem mais. A intenção é colocar as causas populares acima deles e fazê-los repensarem seus papéis.

Antes de finalizar, é interessante ressaltar que o Brasil decreta leis arbitrárias, como a Lei de Organizações Criminosas, para reprimir manifestações da sociedade civil. Não podemos permitir que a repressão contra aqueles que querem mudar o país continue. Brasileiros, lutem. Turistas, para não se decepcionarem, não venham.

NÃO TEM DIREITOS, NÃO VAI TER COPA.

Veniteci a trovare
il 7 giugno 2014

Che Tempo fa

Recensioni

Caricamento...
Caricamento...
In questa zona i nostri Partner offrono: